terça-feira, 25 de outubro de 2011

Cidadão Instigado e Fagner - O Show

Foto de Klaudia Alvarez




O que a produção do SESC Pompéia anunciou foram dois shows do grupo Cidadão Instigado com a participação especial de Raimundo Fagner, mas na realidade o que se viu nas noites de 21 e 22 de outubro, em São Paulo, foi uma verdadeira celebração e uma grande confraternização de cearenses radicados em SP, admiradores da música do Ceará e ainda gente que foi de longe para participar da festa.

Nomes conhecidos da cena cultural como Xixo Sá, Totonho Laprovitera e também da política como Ciro Gomes estavam lá para testemunhar o que todos já sabem: o carisma e talento de Fagner continuam a encantar e atrair multidões como vem fazendo há 40 anos. Um fenômeno que tenho observado com cada vez mais freqüência - e que pude constatar também nesses dois dias- é a quantidade de gente bem jovem (cerca de 19 a 25 anos) que descobre a música de Fagner e vai aos shows para conferir aquilo que ouviu falar. Alguns jovens levavam inclusive discos de vinil para Fagner autografar.

Como já se comentou na internet, concordo plenamente que esse show foi histórico e muito importante para a carreira do grupo Cidadão Instigado. Imagino que Fagner também tenha se surpreendido com o talento de Fernando Catatu na guitarra e com a interação instantânea que ocorreu entre eles, mesmo sem quase nenhum ensaio.
As surpresas começaram logo no início do show quando Catatau criou uma versão eletrizante de “Cinza”, música de Fagner que está no disco Orós, de 1977 e que é daquelas que quase nunca se ouve em shows. Porém muita coisa boa ainda estava por vir. Com uma escolha muito feliz do set-list, Fagner nos brindou com músicas únicas e que são o “sonho de consumo” da maioria dos fãs do cantor. Estavam lá “Frenesi”, “Conflito”, “Asa Partida”, “Motivo”, “Traduzir-se”, “Cebola Cortada” - com um arranjo incrível - e uma canção que se dependesse de minha vontade (e creio que também de muita gente que lotou as duas noites da chopperia do SESC-Pompéia) estaria sempre no repertório de shows de Fagner que é “Cavalo Ferro”, dele e de Ricardo Bezerra. Na segunda noite o público pedia em coro pela música, que é uma das minhas prediletas das centenas que Fagner já gravou até hoje.

Outro grande momento foi quando Fagner anunciou a execução de mais uma música inédita em parceria com Zeca Baleiro. É claro que é linda e ainda está sem nome, mas no set-list apareceu como "Nova Luz".

Dois shows mágicos e que graças à tecnologia podem ser conferidos quase que em sua íntegra no You tube. O link que dá acesso aos clipes do show do dia 21 está aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=RdXuvtJvqDw&feature=player_embedded

Nenhum comentário:

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!