sábado, 26 de fevereiro de 2011

Paulo Façanha no Rio de Janeiro







Estou chegando do Rio de Janeiro onde fui esta semana para assistir à estréia em palcos cariocas de Paulo Façanha. Creio que não poderia ser melhor. Jorge Vercillo, com sua simpatia contagiante, simplicidade e sorriso largo foi quem abriu o show do Projeto 7 em ponto, um tipo Seis e Meia, em que um artista mais conhecido apresenta outro que não seja tão divulgado assim na cidade, ou que esteja começando a carreira.

Como é o ideal neste tipo de projeto, Vercillo cantou alguns de seus sucessos e logo em seguida convidou Paulo Façanha e ficou junto com ele no palco, cantando em dupla muitas canções, depois deixando Façanha fazer números solo para voltar em seguida.

Os músicos que acompanharam os dois artistas foram Rômulo Gomes no baixo, o excelente Lú de Souza na guitarra e o baterista eu infelizmente me esqueci o nome.

O show incluiu uma homenagem de Paulo ao seu conterrâneo Raimundo Fagner com ele e Vercillo cantando “Mucuripe”. Outro momento em que Fagner foi lembrado foi durante a música “Fácil de entender” .

Creio que Paulo Façanha ficou satisfeito com sua estréia no Rio, pois foi um show bem solto, tranqüilo e com os dois artistas mostrando no palco um perfeito entrosamento musical e mostrando que além de companheiros de profissão, são também amigos. O público presente, bem caloroso, percebeu isto e demonstrou sua alegria participando bastante em todos os momentos.

As fotos que ilustram esta postagem foram tiradas por mim.


Um comentário:

Flavio disse...

Estive também no show e atesto todas as observações muito bem colocadas pela escritora, Paulo Façanha e Jorge Vercillo realmente fizeram um espetáculo bem leve e agradável a todos.

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!