quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Arievaldo Viana em Porto Alegre, RS


CORDEL CEARENSE NA 56ª FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE
Maior feira de livros a céu aberto das Américas começa na próxima semana

A literatura de cordel estará presente na 56ª Feira do Livro de Porto Alegre. O cordelista cearense Arievaldo Viana irá lançar, juntamente com o ilustrador pernambucano Jô Oliveira, dois folhetos baseados na obra do folclorista gaúcho Simões Lopes Neto, autor do célebre “Contos Gauchescos”. Outros textos do autor estão sendo adaptados pelos poetas Rouxinol do Rinaré, Varneci Nascimento e Marco Haurélio, todos com capa e ilustrações do já citado Jô Oliveira.
Arievaldo e Jô viajarão para Porto Alegre na próxima quinta-feira e permanecerão durante o final de semana. Na capital do Rio Grande do sul, a dupla realizará palestras e visitações à escolas da rede pública para difundir o uso da poesia popular como ferramenta paradidática. João Simões Lopes Neto é o mais importante folclorista dos pampas.
TRECHOS:

MELANCIA – COCO VERDE
Texto em Cordel: ARIEVALDO VIANA
Ilustrações JÔ OLIVEIRA
Adaptado de “Contos Gauchescos”, de Simões Lopes Neto

Coco verde e Melancia
É uma lenda ditosa
Conheço várias versões
Escritas em verso e prosa
Um vate paraibano,
Com muito artifício e plano
Os chamou Armando e Rosa.

José Camelo de Melo
Um cordelista inspirado
Escreveu um bom romance
Que é bastante lembrado
Seu estro era muito forte
No Rio Grande do Norte
Foi o caso ambientado.

Mas eu que sou cearense
Cabeça-chata e malino
Sigo o rastro desses contos
Desde muito pequenino...
Procuro novas matrizes
Sempre em busca das raízes
Porque esse é meu destino!

Sou poeta de bancada
Cordelista e trovador,
Um menestrel sem viola
A procura do amor
Que aprendeu muito cedo
Traçar com graça um enredo
E mostrar o seu valor.

O poeta Marco Haurélio
Um grande pesquisador
Desses contos populares
Exercendo o seu labor
Descobriu lá na Bahia
Toco Preto e Melancia
A mesma história de amor...

E pesquisando outras fontes
Vi mais de uma versão
Registrada numa obra
Do escritor Théo Brandão
Desta maneira se lia:
Coco mole e Melancia
Com pouca variação.

Em “Seis contos populares
No Brasil” há mais versões,
Outra muito interessante
Foi escrita por Simões
Lopes Neto, que do fato
Fez saboroso relato
Com algumas variações.

No dialeto sulista
Repleto de arabescos
Blau o nosso vaqueano
Descreve, em tons dantescos,
A história desse casal
Que mostra amor sem igual
Nos tais “Contos Gauchescos”.

Selei então o meu jegue
Num dia arisco e taful
Andei por longas estradas
Contemplando o céu azul...
Conduzindo um catatau
De romances, eu vi Blau
No Rio Grande do Sul!

Esse gaúcho famoso
Foi amável, hospitaleiro,
Vi outra face do grande
Continente brasileiro
Depois de um abraço estreito
O velho Blau, a seu jeito
Me pôs a par do roteiro...

Melancia – Coco Verde,
Assim pôs o escritor
Simões Lopes Neto ao
Falar desse grande amor,
Na obra de sua lavra...
Passemos, pois, a palavra
Para Blau, o narrador:

“ - Vancê pare um bocadinho,
E componha o seu arreio,
Dê um jeito em sua cincha
Não é preciso aperreio...
Enquanto eu passo adiante
Vou falar por um instante
Com alguém daquele meio.
(...)
ARIEVALDO PARTICIPARÁ DO PROJETO “GRAVA LIVRO AÍ’

Arievaldo Viana participará também de um projeto inovador, coordenado pelo escritor André Neves, vai movimentar a 56ª Feira do Livro de Porto Alegre. O Grava Livro Aí consiste na gravação de um cd onde 10 escritores de literatura infantil e juvenil estarão contando histórias de seus livros. As histórias serão gravadas no Estúdio Móvel Gravaêh, ônibus da ONG Cirandar, que está equipado com a mais alta tecnologia digital e roda o estado gravando músicos de diferentes estilos.
Na Feira do Livro o Gravaêh estará promovendo a literatura através da gravação das histórias lidas pelos escritores e de mediações de leitura realizadas pelos Voluntários do Instituto C&A, que acontecerão no entorno do ônibus.
Estacionado na Área Infantil e Juvenil, durante a primeira semana de novembro, o público da Feira terá a possibilidade de assistir aos escritores contando suas histórias, através da vitrine palco.
Nesta primeira edição estarão lendo histórias de seus livros os escritores André Neves, Arievaldo Viana, Celso Sisto, Marô Barbieri, Christina Dias, Ilan Btrenman, Jonas Ribeiro, Lenice Gomes, Ricardo Silvestrim e Tino Freitas.
Este projeto tem a coordenação musical do escritor e compositor e escritor cearense Tino Freitas e Robson Serafini e é uma promoção da ONG Cirandar, Roedores de Livro, Orvil Livros e Câmara Rio-Grandense do Livro.

Nenhum comentário:

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!