sábado, 28 de agosto de 2010

Gildomar Marinho - BNB Clube - 28/8

Maranhense de Santa Inês, o hoje cidadão do mundo Gildomar Marinho está radicado em Fortaleza/CE por conta do ofício de bancário, com que divide a sua verdadeira paixão: a música. Violonista, compositor e cantor, é licenciado em Música pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Gildomar demorou mais de 20 anos para um apanhado inicial de suas criações, até o ano passado restritas a pequenos grupos de amigos. Em 2009 lançou o disco de estréia, Olho de Boi, que trouxe mais de 20 gêneros musicais diferentes em 12 faixas, algumas compostas ainda na década de 1980, outras no estúdio, já durante o processo de gravação do trabalho. O disco teve a participação especial da cantora mineira Ceumar em Alegoria de Saudade, belo samba-choro de Marinho.

O disco teve apoio cultural do Programa Cultura da Gente, do Banco do Nordeste, que apoia o talento de seus funcionários, nas mais variadas linguagens artísticas. Com apoio do mesmo programa, Gildomar Marinho acaba de finalizar Pedra de Cantaria, onde continua o registro de sua obra, vasta e esparsa. A faixa-título é uma parceria dele com o jornalista Zema Ribeiro e o trabalho traz ainda participações especiais dos também maranhenses Carlinhos Veloz, Celso Borges, Erasmo Dibell e Lília Diniz.

Em Pedra de Cantaria, Gildomar Marinho amplia o leque de parceiros: se em Olho de Boi havia registrado o reggae Lembra?, parceria com Zema Ribeiro, neste novo disco apresenta o choro Pra chorar no Rio, com o radialista Ricarte Almeida Santos. Celso Borges declama Vazio, poema de sua autoria, na faixa Claustrofobia, e a poeta Lília Diniz entoa um lamento de Dona Elza da dança do caroço de Tutóia, município do litoral maranhense na abertura do carimbó elétrico Batalha do cerrado, homenagem de Gildomar ao líder camponês Manoel da Conceição.

Pedra de Cantaria - O mergulho de Gildomar Marinho nesta continuação do registro de sua obra foi feito sob a batuta do percussionista Hoto Jr . O disco foi gravado em Fortaleza e conta com azulejos feitos em São Luís pelo artista plástico maranhense Edimar Santos, com invólucro em papel reciclado e casca de coco babaçu, produzido por trabalhadoras resgatadas do trabalho escravo em carvoarias de Açailândia, município do sul do Maranhão.

Para viabilizar recursos complementares à finalização de Pedra de Cantaria, Gildomar contou com a adesão de amigos, que têm o agradecimento do artista registrado em uma faixa-bônus do trabalho.

Para o lançamento do CD Pedra de Cantaria estão previstas apresentações em Fortaleza, sendo a primeira no Projeto BNB Clube de Cultura, no BNB Clube, no dia 28 de Agosto. São Luís e Imperatriz, no Maranhão, são outras cidades que estão prevista no calendário de shows de lançamento deste cd.

Algumas faixas do trabalho já podem ser ouvidas no Myspace do artista, no endereço http://www.myspace.com/gildomarmarinho

Nenhum comentário:

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!