sexta-feira, 23 de julho de 2010

VII Festival Música na Ibiapaba

A abertura da programação traz os Aboios



Começa amanhã, sábado (24) em Viçosa o VII Festival Música na Ibiapaba

As férias de julho estão terminando, mas ainda dá tempo de viajar para conhecer uma das mais belas regiões do Ceará. No município serrano de Viçosa acontece o VII Festival Música na Ibiapaba, de 24 a 31 deste mês. Quem não está inscrito nas mais de 70 oficinas, pode aproveitar o dia para visitar os atrativos turísticos da região e, a partir do final da tarde, conferir a programação musical aberta ao público, que acontece no interior da Igreja Matriz, no Coreto e no palco da Praça da Matriz e no palco do Pólo Turístico da Igreja do Céu. A programação completa está disponível no http://www.dragaodomar.org.br/. Entre as atrações, Oswaldinho do Acordeon, Cainã Cavalcante, Ricardo Bacelar, Timbral e os cariocas Mário Sève e David Ganc.

ABERTURA com o SOM DO SERTÃO

A solenidade de abertura será na noite do dia 24 de julho, às 20 horas, no palco da Praça da Matriz. Em seguida, o grupo A Rainha e os Vaqueiros, de Canindé, apresenta o espetáculo “Aboios – O Som do Sertão”, às 20h30. O show conta com apresentações de aboios, intercaladas com contos, causos, poesias, toadas e trechos de cordéis. No palco, Dina Martins, Mestre da Cultura, a rainha dos vaqueiros encourada, acompanhada por um trio regional, convida os cinco vaqueiros para fazer parte do espetáculo. O repertório é composto em sua maioria de canções do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e de composições dos próprios vaqueiros, baseadas em suas vivências e em poesias que admiram.

DOMINGO: Bandolins, Orquestra e Timbral

No domingo, 25 de julho, a programação artística começa às 17h, após as aulas e oficinas, com uma seção de Cine Clube sobre Música no Cinema, na Escola Arco Íris. O primeiro a ser exibido é “Brasileirinho – Grandes Encontros do Choro Contemporâneo”. Às 17h30min, acontece a Mostra Artistas de Viçosa do Ceará no Coreto da Praça da Matriz. Ambas, são atividades fixas da programação que permanecem até o penúltimo dia do Festival, na sexta-feira, 30 de julho.

No início da noite, às 18h, o grupo Novos Bandolins de Oeiras, do Piauí, é a atração no interior da Igreja Matriz. O grupo foi criado como forma de preservar e dar continuidade ao trabalho do original Bandolins de Oeiras, cujos integrantes estão com idade média de 80 anos. Às 19h, os sobralenses da banda Maestro José Pedro de Alcântara sobem ao palco da Praça da Igreja Matriz, sendo a primeira das dez bandas e orquestras do interior cearense a se apresentar no local durante toda a semana, por ocasião do Festival.

Às 20h, a programação artística chega ao palco do Polo Turístico da Igreja do Céu, um dos mais belos pontos turísticos do interior do estado, onde todas as noites haverá shows do Festival. Quem começa são os grupos formados pelos educandos das oficinas, na Roda de Som. E para fechar a programação do dia, às 21h30 sobe ao palco do Céu o Projeto Timbral, formado por Lú de Souza (guitarra), Miquéias dos Santos (Contrabaixo) e Neo dos Santos (Bateria). Com dez anos de estrada, a proposta destes músicos é mostrar que a música instrumental pode ser apresentada em diversos locais e para diversos tipos de público. No show em Viçosa o grupo será acompanhado por André (percussão) e Ferreirinha (saxofone).

SEGUNDA–FEIRA tem Oswaldinho do Acordeon

De manhã, aulas, e à tardinha começam as apresentações do dia. Na segunda-feira, 26, o Cine Clube exibe às 17h “Sivuca – O Poeta do Som”. Às 17h30min, artistas de Viçosa se apresentam no Coreto da Praça da Matriz. No Pátio do Patronato, às 18h, o carioca Itamar Assiére, um dos professores convidados do Festival, faz a Aula-Show “Pianistas do Nordeste”. Na Praça da Matriz, às 19h, quem toca é a Banda Filarmônica Juvenil Dr. Edvaldo Coelho Moita, de Tianguá, seguida pela banda Trocando em Miúdos, de Ubajara.

Oswaldinho do Acordeon, um dos maiores instrumentistas do país, é a grande atração da noite no palco da Igreja do Céu, onde apresenta uma mistura estilos e ritmos populares, acompanhado por timbres de guitarra, baixo e bateria. O show acontece às 21h30, após a Roda de Som dos educandos do Festival.

Carioca, filho de Pedro Sertanejo, o precursor do forró em São Paulo, Oswaldinho do Acordeon mudou-se para a capital paulista aos oito anos, onde iniciou-se na música e aos 12 anos já tocava profissionalmente. Tornou-se reconhecido mundialmente pelas fusões de estilos musicais em suas obras, além de estar sempre difundindo seu instrumento para a quebra de barreiras culturais. Oswaldinho foi o primeiro acordeonista no Brasil a fazer uso de um acordeon digital, ampliando seu repertório de timbres e sons para enriquecer a cultura popular.

QUEM FAZ O FESTIVAL

A realização do VII Festival Música na Ibiapaba é do Instituto de Arte e Cultura do Ceará – IACC/Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, dentro do Programa Dragão do Mar Educativo, com patrocínio do Banco do Nordeste e parceria do Café Santa Clara, Rede Ibiapaba de Turismo – RITUR, Escola de Cultura, Comunicação, Ofícios e Artes - ECOA, as Prefeituras do Maciço da Ibiapaba, de Sobral e municípios do Vale do Acaraú.

SERVIÇO

VII Festival Música na Ibiapaba – De 24 a 31 de julho em Viçosa do Ceará. Informações sobre Viçosa do Ceará – Secretaria de Turismo, Meio Ambiente, Cultura e Desporto: (88)3632-1580. Informações sobre o Festival - Instituto de Arte e Cultura do Ceará - IACC: (85) 3488-8601. E-mail: http://mail.google.com/mail/h/a29ri5h9cnoo/?v=b&cs=wh&to=presidencia@dragaodomar.org.br.

DÉGAGÉ
Assessoria de Imprensa
Jornalistas Responsáveis: Sônia Lage e Eugênia Nogueira
degage@degage.com.br / http://www.degage.com.br/

Nenhum comentário:

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!