terça-feira, 30 de março de 2010

Grupo Breculê - Hoje - 19 hs

“Fala ‘mansin’, fala pouco/ Se embrola, Breculê/ Diz querer bem, treme o rosto/Cara de Ipê/ O dia é pai do bom moço/ Mas tende à anoitecer/ Prepara o côco, ‘cabôca’/ Quem gosta de mim/Tem que enlouquecer”

Hoje, dia 30 de março, às 19 horas, o grupo Breculê lança seu primeiro disco, Vidas Volantes, em apresentação gratuita no Theatro José de Alencar. O show conta com a participação de seis músicos convidados.

Experimente perguntar o significado da palavra “breculê”. Histórias difusas aparecem, ora se encontram, em outros momentos desandam e deixam, assim, um mistério sobre a origem do termo. Em busca de uma sonoridade própria, as composições da banda Breculê, transversam línguas travadas, primam por uma arrumação de palavras e neologismos, que por si só, exalam ritmo. Nas melodias, rompe-se a fronteira dos estilos ou temas e, numa instrumentação acústica, testa os limites da técnica.

Vidas Volantes, seu primeiro disco, com 14 faixas, é a síntese de um trabalho de pesquisa e experimentação do grupo, existente há três anos. O disco não possui uma linha mestra, com permissão para passear por diversos ritmos e temas. Há uma contemplação urbana de Fortaleza, em músicas como Barruada Gá Gá, Samba do Lago, homenagens a pedaços da cidade, cujo grupo possui extrema intimidade.

Breculê mostra também todo o seu lado lírico em Réquiem para a Infância e Vai que a Vida quer Levar, músicas baseada nas inocências e memórias pueris. O tom sereno, poético e o elo com a natureza deixam suas marcas em Bem-Te-Vi e Vidas Volantes, esta última, foi livremente inspirada do filme Vilas Volantes – O Verbo contra o Vento, de Alexandre Veras, prêmio do DOCTV, em 2005.

O álbum reúne 11 composições inéditas. As outras três são releituras instrumentais, executadas por outros artistas. As gravações foram realizadas de forma independente entre setembro de 2008 e março de 2009. Contou com os arranjos de Fabrício da Rocha e Pedro Fonseca, sob direção musical de Dan Lassen, do estúdio Casa do Mato, no Rio de Janeiro. Houve também a parceria do estúdio Ararena, em Fortaleza.

Para o show, som e imagem fluem. O espetáculo possui um cenário que interage com as músicas, por meio de projeções visuais. Em uma hora e meia de apresentação, o público se delicia com um espetáculo estético e sonoro. A densidade poética e musical mostrado no palco resulta de compromisso criativo com a arte. Breculê é precisamente o desapego às fórmulas.

Show de lançamento cd Vidas Volantes do grupo Breculê.
Data: 30/03 terça-feira
Horário: 19h
Local: Palco principal do Theatro José de Alencar
Endereço: Praça José de Alencar, S/N – Centro, Fortaleza – Ce
Entrada gratuita.
CD Vidas Volantes: R$ 15,00 (no local

2 comentários:

Davisany disse...

O grupo Breculê vai longe com suas criatividade de musicas e melodias... Muito Sucesso a todos!...

ONG CEGO ADERALDO disse...

Errata na data da Breculê

Olá Klaudia tudo bom? bem... conheço a banda inclusive sou amigo próximo da produtora e de alguns músicos dela, bem como fã. Acredito que há um erro na divulgação da data no blog, gentilmente venho lhe informa do observado! Na chamada informa dia 30 de abril sendo que é dia 30 de março, Acredito! valeu abraços!

errata:
"Hoje, dia 30 de Abril, as 19 horas, o grupo Breculê lança seu primeiro disco, Vidas Volantes, em apresentação gratuita no Theatro José de Alencar. O show conta com a participação de seis músicos convidados."

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!