segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Fagner - Loucos por Música - 2006


Loucos por música”

Participação de Fagner – Canecão – 8/8/06

O projeto “Loucos por música” acontece de vez em quando no Canecão. Vários artistas já participaram e a renda apurada com os espetáculos é revertida para instituições e projetos que visam um tratamento mais humano para os portadores de desequilíbrios e doenças mentais. A pioneira nesse novo enfoque para tratar os doentes foi a Dra. Nise da Silveira.

No mais recente espetáculo em benefício do projeto, tivemos a participação de Fagner, ao lado de Isabella Taviani e Fafá de Belém que fizeram o show para um Canecão repleto, uma surpresa para mim já que não era fim de semana. A abertura do show foi feita por um grupo formado de pacientes e médicos chamado “Harmonia Enlouquece”. A artista plástica Ana Durans pintou ao vivo, no palco, um belo quadro que está sendo leiloado pelo site do projeto. (www.loucospormusica.com.br )
Quem abriu o show foi Isabella Taviani que cantou seus maiores sucessos, sendo acompanhada pela platéia. Ela chamou o “Mestre Fagner” que cantou junto com ela “Guerreiro menino” . Isabella imitou Fagner em algumas entonações, inclusive balançando a cabeça ao cantar, como é característica dele. Assim como Fagner, Isabella tem bastante força interpretativa, portanto ficou muito interessante a versão da poderosa música de Gonzaguinha na voz dos dois. Em seguida Taviani deixou o palco e Fagner interpretou alguns de seus grandes sucessos como Mucuripe, Traduzir-se, Espumas ao vento, Noturno, Revelação e Canteiros. Para a interpretação de Deslizes, ele convidou ao palco Fafá de Belém, chamando-a de “Amélia Rodrigues”. Com seu jeito rasgado e sua inevitável gargalhada, Fafá, que aniversariava naquele dia, trocou algumas vezes a letra da música, mas ficou boa a versão com Fagner, lembrando muito a versão deles para “Fracasso”, no disco “Amigos e Canções”. Fafá interpretou algumas músicas de Chico Buarque, de seu mais recente disco, “Tanto Mar” e o show se encerrou com ela, Fagner e Taviani interpretando “Borbulhas de amor”. Não sei se Fagner ficou atrapalhado com as duas dançando ao lado dele, se realmente esqueceu a letra, a verdade é que “Borbulhas” foi uma comédia só. Dava para ver que nem Fafá nem Taviani sabiam cantar a letra da música, Fagner também teve um “branco” e quem mais acertou a letra foi mesmo a platéia. Um encerramento de show em alto astral, com público e artistas rindo muito e se divertindo com a “não interpretação” de Borbulhas. Fafá chegou a dizer que nem ela nem Taviani ensaiaram e que Fagner ensaiou pelas duas.

Um detalhe interessante do show foi a participação de Bruce Henry no grupo que acompanhou Fagner. Para quem não se lembra, Henry é parceiro de Fagner na adaptação de “Serenou na madrugada”, do disco Manera Fru Fru, de 1973. Não me recordo de Bruce Henry ter tocado com Fagner desde então.
“Loucos por música” foi um show divertido e com a renda para um projeto louvável. Um belo programa para uma noite de terça-feira.

Nenhum comentário:

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!