quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Tom Gil - Do sertão ao porto


TOM GIL


Compositor de música popular nascido em Várzea Alegre, interior cearense. Ainda pré-adolescente migrou para a capital Fortaleza onde aprendeu os primeiros acordes de violão de forma autodidata e posteriormente estudou violão clássico. Foi integrante do coral da Universidade Federal do Ceará no final da década de oitenta, sob a regência de Izaira Silvino, quando na ocasião obteve as primeiras aulas de técnica vocal além de fazer várias apresentações pelo interior cearense e participar de festivais coralistas. Lá também fez sua estréia em festivais de música, tendo participado do festival da Petrobras em Fortaleza e festival da cidade de Itapipoca-CE.

Reside em Porto Alegre desde 1995, onde deu continuidade aos seus estudos de violão clássico na escola de música palestrina, com Jorge Nóblega e posteriormente, violão popular e harmonia funcional com James Liberato.
No começo dos anos 2000, idealizou e montou junto com o saxofonista e flautista Mario Marmontel, a banda Virgulino Vírgula, atuando em casas noturnas, teatros e espaços culturais de Porto Alegre, além de participar das três edições do Fórum Social Mundial.
Tem parcerias com Cândido Rolim, Ricardo Aleixo,Fábio Dallas, Ronald Augusto e Jorge Herrmann. Este último o convidou para participação no cd “antípodas”, financiado pelo Fumproarte em 2003.
Participou de várias edições do projeto “música autoral”, produzido pelo jornal vaia entre 2005 e 2007, em Porto Alegre.
Participou de festivais de música em Fortaleza, Porto Alegre, Queluz-SP, Colatina -ES, Araucária-PR e Pereira Barreto-SP.
Juntamente com o percussionista Demétrius Câmara fez show pelo projeto música no SESC em Chapecó-SC em Abril de 2009.
Em 2008 fez uma série de shows no teatro de Arena em Porto Alegre.
Ju
Tem dois discos gravados:”Novo Mundo” e “Do sertão ao porto”.

**********************************************************************
Levando o seu som bem nordestino para as plagas do sul, Tom Gil gravou em 2006 o CD “Do sertão ao porto” numa alusão à sua caminhada. Com produção executiva e direção artística do próprio Tom Gil, o disco conta com a participação de músicos gaúchos. Um trabalho muito interessante que vale a pena conhecer.

TOM GIL – DO SERTÃO AO PORTO – 2006

1- Brava gente (Tom Gil)
2- Janela para as estrelas (Tom Gil)
3- Dois passarim (Tom Gil)
4- Linda não vou só (Tom Gil)
5- Vida boa (Tom Gil/Cândido Rolim)
6- No ar (Tom Gil/Ronald Augusto)
7- Cafuzo (Tom Gil)
8- De rasteira (Tom Gil)
9- Portal (Tom Gil em poema de Cândido Rolim)
10- Quilombola (Tom Gil/Ronald Augusto)
11- Violáctea (Tom Gil/Cândido Rolim)

12- Cearacaju (Tom Gil)
13- Lenga lenga (Tom Gil)
14- Nanã (Tom Gil em poema de Ricardo Aleixo)
15- Começo (Tom Gil em poema de Fábio Dallas)


Para conhecer melhor o trabalho de Tom Gil: www.tomgil.mus.br


2 comentários:

Groucho KCarão disse...

Comprei esse "Novo Mundo", do Tom Gil e, apesar da sonoridade ser meio tosca às vezes, achei um bom disco, principalmente a música "Indigente". Gostaria de conhecer esse otro. Gracias. Axé.

Cândido Rolim disse...

Tom Gil é um dos que sabem percutir o violão com rara percepção. Inova ritmicamente e cria coisas novas a partir da poesia. Música anti-chavão.
vale a pena.

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!