sábado, 27 de junho de 2009

Abreu Marinho

Foto: Arquivo de família
Alguns artistas passam pela Terra como verdadeiros cometas. São brilhantes, chamam a atenção por onde passam, mas infelizmente duram pouco tempo entre nós. Esse foi o caso de Abreu Marinho, nome artístico de Etelvino Marinho de Abreu, que teve uma rápida carreira nos anos 80 até a metade dos anos 90 quando faleceu no interior de São Paulo, onde desenvolvia sua carreira artística.

Abreu era compositor, cantor, violonista, ator e chegou a fazer parte de um trio com David Duarte e Demétrius Câmara - chamado 2+ 1 - que se apresentava nas noites de Fortaleza. Abreu também dividiu apartamento com os dois amigos.

Infelizmente nunca chegou a gravar um disco solo, sendo apenas dois os seus registros musicais, ambos em discos coletivos. O primeiro foi no CD “Um quarto de lua” de Olímpio Rocha, lançado em 1994 , onde Abreu Marinho interpreta “Corrida” de Alano Freitas e Olimpio Rocha e o segundo no CD “No Ceará é assim” onde ele dá uma interpretação inesquecível de “Asa Partida” , gravada por Fagner. O disco foi lançado em 1995, depois da morte de Abreu. No show de lançamento do CD foi feita uma homenagem a ele.
Abreu Marinho era o típico artista à frente de seu tempo. Os shows que ele fazia tinham sempre um lado performático, teatral, refletindo sua personalidade inquieta e criativa.

A primeira vez que ouvi Abreu Marinho foi justamente no CD “No Ceará é assim” e imediatamente me impressionei com a bela interpretação dele e quando fui pesquisar para saber mais sobre sua carreira foi que soube de seu precoce falecimento.

Uma das composições de Abreu, "Dindin", foi gravada recentemente pela cantora Joana Angélica em seu CD “Cantando coisas de cá”, uma justa e merecida homenagem ao “cometa” da canção cearense.


2 comentários:

Demetrius Câmara/ percussionista disse...

Com grande surpresa e alegria que descubro este blog e junto o registro de meu nome Demetrius Câmara com o de meu amigo e irmão Abreu Marinho. Muita música boa rolou em vários cantos do Brasil,Fortaleza, Rio de Janeiro, Tatuí.
um abraço
Demetrius Câmara

Davi disse...

Opaaa, que interessante!!! Adorei mesmo, aqui quem fala eh o sobrinho do Abreu. Meu nome eh Davi Abreu e lembro muito do meu tio, amava muito as brincadeiras dele.

Aqui um video pra vc ver:

http://www.youtube.com/watch?v=QM4xczrg0ac

Espero um dia fazer um filme sobre o meu tio que tanto amava. ;)

Abracao!

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!