domingo, 29 de março de 2009

Geléia Gerou - 1984


Eu sempre gostei muito de discos de festivais ou das coletâneas de um modo geral. Há sempre alguma preciosidade escondida por ali, em especial nos discos que reúnem compositores e intérpretes de um determinado estado. Foi em um disco desses - que eu sempre adquiro quando encontro – que descobri uma faixa cantada por uma “cearense”. Trata-se do belo LP “Geléia Gerou – 1º Encontro de Compositores e intérpretes do Piauí – Projeto Torquato Neto”. O disco leva o nome de um dos mais famosos poetas /compositores de seu estado, o genial Torquato, mas há outros grandes nomes e não menos conhecidos no disco, como Climério Ferreira, um dos irmãos da família Ferreira e parceiro de Ednardo. Outro membro da família, Clôdo, vive atualmente em Brasília, onde é professor universitário, mas continua compondo e se apresentando em shows. Clôdo é parceiro constante de Fagner, que , ironicamente, chama a conexão musical Piauí-Ceará de “piorá”!!

Mas voltando ao disco, a faixa 5 do lado A traz a composição “Pedra do Sal”, letra de Zezé Fonteles em música de Felipe Cordeiro, compositor cearense. A intérprete é Ana Fonteles, cantora radicada no Ceará e figura muito querida entre os músicos cearenses, mas que infelizmente já nos deixou.

Segundo informações na contra capa do disco, a mostra da música do Piauí aconteceu no Ginásio de Esportes Verdão, em Teresina, nos dias 22, 23 e 25 de setembro de 1984 e teve 620 músicas inscritas, das quais 12 foram selecionadas e lançadas nesse LP, uma promoção da Secretaria de Cultura do estado. O interessante é que o disco não foi gravado ao vivo, como normalmente acontece com os discos de festivais e sim em estúdio no Rio de Janeiro, com a produção de Antonio Adolfo, que participa da faixa em que Ana Fonteles canta. Aqui, a letra da música de Felipe Cordeiro e Zezé Fonteles:

PEDRA DO SAL

Música de Felipe Cordeiro
Letra de Zezé Fonteles
Intérprete: Ana Fonteles

Quanta saudade eu tenho de lá
Sinto na pele o calor do sol
Trago na boca o sabor do sal
E as carícias das ondas do mar

A água com sua língua molhada
Lambendo meus pés descalços
E os peixes no seu encalço
Lançam para terra breve olhar

Sal e sol
Sentir o sabor da vida
Que palpita nas águas calmas, claras
Paraíso de sol

Céu e mar
Voar nas asas do vento
Sem saber que o tempo lento passa
Tudo varre como a vida vai

Terra do sol, pedra do sal
Faixa de mar, limite de céu
Coberto com véu, salvo do mar



GELÉIA GEROU – 1º ENCONTRO DE COMPOSITORES E INTÉRPRETES DO PIAUÍ – PROJETO TOQUATO NETO – 1984

Lado A

1-Estrada do carroçal (Júlio Medeiros/Climério Ferreira) – voz : Rosinha
2-Mágica Serpente (Geraldo Brito/Paulo José Cunha) – voz: Ana Miranda
3-Consequência (Ronaldo Bringel/Pierre Baiano) – voz: Ronaldo Bringel
4-Toda rosa sabe-se a cor (Abraão Lincoln) – voz: Solange Leal
5-Pedra do Sal (Zezé Fonteles/Felipe Cordeiro) – voz: Ana Fonteles
6- Meu frevo (Elder W.O.Jales de Carvalho/Renato Castelo de Carvalho) – voz: Mira

Lado B

1-Nós (Garibaldi Ramos) – voz: Ronaldo Bringel e Rosinha Lobo
2-O mundo que eu venci deu-me um amor (Edivaldo/Faustino/Medeiros) – voz: Edivaldo Nascimento
3-Zeus(Geraldo Brito/Durvalino Filho) – voz: Ana Miranda
4-Repente (Cruz Neto) – voz: Mira
5-Desejo (Abraão Lincoln/Magno Aurélio) – voz: Ronaldo Bringel
6-Segredos do prazer (Alcântara) – voz: Alcântara

Um comentário:

RICARDO disse...

como faço pra comprar esse lp?

rjcpaiva@gmail.com

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!