sábado, 28 de junho de 2008

Ricardo Bezerra - Notas de Viagens

Logo depois de Marcus Francisco e Dedé Evangelista, Ricardo Bezerra foi o parceiro de Fagner em músicas que foram importantíssimas na carreira do grande cantor cearense, já que foi com Cavalo Ferro e Manera Fru Fru Manera que ele ganhou festivais na Universidade de Brasília, quando ainda era estudante de arquitetura. Mas, como diz o próprio Ricardo, Fagner teve sorte de encontrar em seguida aquele que seria seu maior e mais constante parceiro, Fausto Nilo, já que ele (Ricardo) seguiu outros caminhos e passou a se dedicar mais à vida acadêmica, deixando um pouco a música de lado. Porém, depois de um longo exílio voluntário, Ricardo Bezerra voltou a gravar um CD em 2003, desta vez apenas instrumental. O disco contou com as participações muito especiais de Mingo Araújo, Adelson Viana, Araold Araújo, Luizinho Duarte, Carlinhos Ferreira, Hoto Junior, Heriberto Porto, Cristiano pinho, Márcio Resende, Jorge Cardoso, Ítalo Almeida, Jerônimo e do Coral infantil Arte em Canto , com a regente Vera Barros. “Notas de viagem” teve a produção executiva de Henilton Menezes e arranjos de Adelson Viana, Cristiano Pinho e Ricardo Bacelar, que na época do lançamento do disco, fez a resenha abaixo, que reproduzo de artigo publicado na imprensa cearense:

“NOTAS DE VIAGENS sobre o CD de Ricardo Bezerra

Por Ricardo Bacelar

O disco Notas de Viagens é jóia da lavra de Ricardo Bezerra. O compositor, autor dos sucessos “Cavalo Ferro” e “Manera Fru Fru Manera”, em parceria com Raimundo Fagner, teve participação importante no início da carreira desse artista. Bezerra é protagonista da música cearense.
Seu primeiro álbum “Maraponga”, obra clássica, teve como coadjuvantes os magos Hermeto Pascoal, Sivuca e Jacques Morelembaum, entre outros. Ao dedicar-se à vida acadêmica, morou em outros países na defesa de teses, absorvendo elementos de diversas culturas sem perder sua essência local. Dotado de forte personalidade e apurado senso estético, exerce a arquitetura da paisagem e do edifício com timbre, ritmo e harmonia. Carrega consigo a alma de músico da qual irradia sua excentricidade.
A música de Ricardo Bezerra é um passeio no parque. As estruturas melódicas bem construídas são traços perceptíveis de sua forma de vida. Como seu aluno, há tempos atrás, tive a oportunidade de perceber a dinâmica da música através de paisagens. Norte para minha forma de tocar piano. Através do som, percebe-se a sofisticação da alma de um ser simples, ímpar e dotado de complexa capacidade criativa.
Sua música nos traz um rico espectro de texturas que se combinam em temas delineados com extremo bom gosto.
Seu novo disco é resgate da boa música. A cada faixa, as notas impressas são manual de orientação para viagens ao imaginário do compositor.
Obra madura e bem concebida, nos revela os tons e as cores de suas andanças.”


NOTAS DE VIAGENS – RICARDO BEZERRA

1- Flambuaiã (Ricardo Bezerra/Ângela Linhares/Cristiano Pinho)
2- Entre folhas (Ricardo Bezerra/Adelson Viana/Carlinhos Ferreira)
3- Cachoeira dos Índios (Ricardo Bezerra/Adelson Viana)
4- Vila do Conde (Ricardo Bezerra)
5- Passo do Lumiar (Ricardo Bezerra/Cristiano Pinho)
6- Rio Claro (Ricardo Bezerra/Adelson Viana)
7- Alto da Cheia (Ricardo Bezerra/Adelson Viana)
8- Serra do Mel (Ricardo Bezerra/Adelson Viana)
9- Santana do Paraíso (Ricardo Bezerra)
10 – Mundo Novo (Ricardo Bezerra/Ricardo Bacelar)
11- Fanfarra do Major da Lagoa Nova em Noite de Lua Cheia (Ricardo Bezerra/Adelson Viana)


Um comentário:

Anônimo disse...

Olá boa noite,

Escutei alguma coisa do Ricardo Bizerra e fiquei orgasmaticamente encantado!!! Como faço para baixar esses dois cd's? Me ajuda!!!!!!!!!!
Meu e-mail... diegogandrade@yahoo.com.br

Um grande abraço....

Vídeo de Zeca Zines no You Tube - Sensacional!